Acesso ao principal conteúdo
Angola

Bolseiros angolanos no exterior em dificuldades

A crise económica e a falta de divisas tem afectado o financiamento dos estudantes angolanos no exterior.
A crise económica e a falta de divisas tem afectado o financiamento dos estudantes angolanos no exterior. David Stanley/wikimeda

A problemática financeira dos bolseiros angolanos no exterior volta a ser notícia. Mais de quatro mil angolanos que se encontram a estudar com bolsas do governo em vários países, nomeadamente Cuba, Rússia, Argélia e igualmente Portugal, têm estado a enfrentar dificuldades financeiras.

Publicidade

Com o atraso no pagamento das bolsas de estudo, devido à crise financeira vivenciada actualmente em Angola, muitos estudantes não conseguem pagar as propinas das universidades e foram desalojados das suas habitações, para além de atravessarem dificuldades para garantir a sua alimentação. Os estudantes não bolseiros vivem a mesma realidade, com as suas respectivas famílias na impossibilidade de lhes transferir dinheiro devido à falta de divisas enfrentada pela banca angolana.

Perante esta situação, muitos estudantes estão a regressar ao país, sendo materialmente obrigadas a interromper a sua formação. Esta situação tem afectado muitos dos 4000 estudantes angolanos, com ou sem bolsa, que têm estado matriculados em Portugal.

No passado mês de Maio, o governo anunciou a suspensão temporária da atribuição de novas bolsas de estudo para o exterior no corrente ano lectivo devido às dificuldades financeiras que afectam o país. Entretanto, na passada Sexta-feira, o Ministério do Ensino Superior prometeu minimizar a situação financeira dos bolseiros do Governo nos próximos dias.

Mais pormenores com Avelino Miguel.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.