Acesso ao principal conteúdo
ANGOLA/ALEMANHA

Presidente angolano na Alemanha

O presidente angolano João Lourenço no Palácio do Eliseu em Paris a 28 de Maio de 2018.
O presidente angolano João Lourenço no Palácio do Eliseu em Paris a 28 de Maio de 2018. REUTERS/Philippe Wojazer/Pool

Começa nesta quarta-feira a visita de dois dias à Alemanha do presidente angolano. João Lourenço deixou esta manhã Luanda rumo a Berlim. Alberto Correia Neto, embaixador angolano na Alemanha, apelou aos investimentos alemães no seu país.

Publicidade

A Alemanha será o terceiro país europeu a ser visitado pelo estadista angolano, a seguir à França onde João Lourenço se deslocara no final de Maio a Paris e a Toulouse.

Em seguida, no início de Junho o presidente de Angola deslocou-se à Bélgica tendo visitado Bruxelas e Antuérpia.

O chefe de Estado angolano foi, depois, a 4 de Julho a Estrasburgo, sede do Parlamento europeu, de novo em França, onde proferiu um discurso inédito perante os eurodeputados.

O presidente angolano continua apostado em conseguir apoios para a desejada diversificação da economia e com o discurso de uma luta contra a corrupção para granjear novos investimentos.

Alberto Correia Neto, embaixador angolano na Alemanha, em entrevista à agência Lusa, sublinhou o facto de ambos os países terem uma cooperação estratégica, com potencial para melhorar.

O diplomata alega almejar, mesmo, que o seu país possa vir a ultrapassar a África do Sul e a Nigéria, os dois maiores parceiros económicos da Alemanha na África subsaariana.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.