Acesso ao principal conteúdo
Angola

1.º de Agosto é tricampeão angolano de futebol

Imagem de arquivo.
Imagem de arquivo. AFP PHOTO/KHALED DESOUKI

O 1.º de Agosto conquistou, este domingo, pela terceira vez consecutiva o campeonato angolano de futebol, ao vencer em casa o Cuando Cubango FC por 1-0. No final, o treinador Zoran Maki deu os parabéns à equipa, após "um campeonato extremamente difícil".

Publicidade

Na 30.ª e última jornada do Girabola, Jacques marcou o único golo da partida aos 15 minutos da primeira parte. Os militares terminaram, assim, a prova com 57 pontos, contra 54 do Petro de Luanda, que empatou a um golo com o Sagrada Esperança da Lunda Norte.

Com a consagração do 1.º de Agosto, o sérvio Zoran Maki tornou-se no 26º treinador a conquistar o título angolano, numa lista liderada pelo técnico português Bernardino Pedroto, que venceu a prova em cinco ocasiões, ao serviço do Petro de Luanda. Zoran Maki manifestou, no final da partida, o seu contentamento depois de "um campeonato extremamente difícil".

Depois da invasão ao relvado por parte dos adeptos, os festejos prosseguiram com a abertura do champanhe pelos jogadores, treinadores e dirigentes.

A cerimónia de entrega do troféu ao capitão Dany Masunguna decorreu sem incidentes e os jogadores deram uma volta ao relvado para apresentarem a taça aos adeptos nas bancadas.

O governador da província de Luanda, Adriano Mendes de Carvalho, também deu os parabéns à equioa.

Nos outros jogos, e já com as contas de despromoção resolvidas desde a 29.ª jornada, o Recreativo do Libolo venceu em casa o Progresso do Sambizanga por 2-0, e conquistou o quarto lugar final. Idêntico resultado foi alcançado pelo Recreativo de Caála frente ao Desportivo da Huíla.

O despromovido Domant FC do Bengo venceu em casa o Interclube, terceiro classificado, por 2-1.

A última jornada do Girabola começou na quarta-feira com o empate 2-2 entre Kabuscorp do Palanca e a Académica do Lobito, tendo prosseguido no dia seguinte com novo empate a uma bola entre o Sporting de Cabinda e os Bravos do Maquis.

Domant FC do Bengo, 1º de Maio de Benguela e o desistente JGM do Huambo foram as equipas despromovidas ao segundo escalão.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.