Acesso ao principal conteúdo
Futebol

CAN’2019: Angola esmagou a Mauritânia

Mateus, avançado angolano (no centro na foto), apontou dois golos frente à Mauritânia. Imagem de Arquivo.
Mateus, avançado angolano (no centro na foto), apontou dois golos frente à Mauritânia. Imagem de Arquivo. FRANCISCO LEONG / AFP

A fase de grupos de apuramento para a fase final do Campeonato Africano das Nações prosseguiu nesta sexta-feira 12 de Outubro com duas selecções lusófonas em acção: Angola e Cabo Verde. Os Palancas Negras conseguiram arrecadar os três pontos.

Publicidade

Angola lidera o Grupo I de apuramento para o Campeonato Africano das Nações após o triunfo por 4-1 frente à Mauritânia.

No Estádio 11 de Novembro, em Luanda, a Selecção Angolana tinha de confirmar o bom momento que estava a passar após o triunfo alcançado há um mês frente ao Botsuana por 1-0.

Este encontro frente à Mauritânia, comandada pelo franco-português Corentin Martins, não começou da melhor maneira para os angolanos visto que após três minutos de jogo, o médio Moctar El Hacen El Id, abriu o marcador para os mauritanianos.

Os Palancas Negras, quando se pensaria que podiam ficar abalados, acabaram por reagir rapidamente. Aos 13 minutos, de grande penalidade, o avançado Mateus Galiano empatou o encontro.

Mateus Galiano estava com fome de golos, isto quando se sabe que no seu clube português, o Boavista, ainda não fez o gosto ao pé. O avançado angolano voltou a marcar aos 17 minutos com um segundo tento que deu uma curta, mas preciosa, vantagem aos Palancas Negras.

Em menos de 15 minutos, a Selecção Angolana, comandada pelo sérvio Srdjan Vasiljevic, alcançou uma reviravolta expressa.

A segunda parte pouco ou nada trouxe ao encontro. Angola continuou a dominar e até ampliou a vantagem. Aos 53 minutos, o avançado Djalma Campos acabou por marcar o terceiro golo dos Palancas Negras. Uma vitória complicada de se desenhar ao início, mas que acabou por ser uma autêntica goleada.

Aliás a Selecção Angolana ainda apontou um quarto e último golo pelo médio ofensivo Gelson Dala aos 80 minutos de jogo, fixando o resultado em 4-1 para os Palancas Negras.

Com este resultado Angola lidera o grupo com seis pontos, os mesmos que a Mauritânia, no entanto os angolanos têm vantagem no confronto directo. No terceiro lugar encontramos o Burkina Faso, comandado pelo treinador português Paulo Duarte, com três pontos, e no último lugar o Botsuana que ainda não pontuou. No entanto estas últimas duas selecções têm apenas dois jogos disputados, sendo que o Burkina Faso recebe o Botsuana neste sábado 13 de Outubro.

A quarta jornada decorre a 16 de Outubro. Angola desloca-se à Mauritânia, enquanto o Botsuana recebe o Burkina Faso.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.