Acesso ao principal conteúdo
Angola

Parlamento angolano elegeu novas vice-presidentes

Parlamento angolano em Luanda elegeu novas vice-presidentes
Parlamento angolano em Luanda elegeu novas vice-presidentes AMPE ROGERIO / AFP

O Parlamento angolano elegeu sexta-feira, 12 de Outubro, a primeira e segunda vice-presidentes, bem como dos primeiro e segundo secretários da mesa, do hemiciclo todos do grupo parlamentar do MPLA Partido no poder.

Publicidade

Por solicitação do grupo parlamentar  do MPLA, com caráter de urgência, a sessão extraordinária da Assembleia Nacional elegeu Emília Carlota Dias como primeira vice-presidente e Susana de Melo como segunda vice-presidente.

Eleita por unanimidade com 175 votos, Emilia Carolta Dias foi designada 1ª vice presidente e Suzana Melo como segunda vice presidente com 171 votos a favor e 4 contra  

Para os lugares de primeiro secretário da mesa foi eleito Raul Augusto Lima e de segundo secretário da mesa, Manuel Lopes Moniz Dembo.

O Presidente da Assembleia Naciona , Fernando da Piedade Dias dos Santos, "Nandó" conferiu posse aos recém eleitos de acordo com resultados do processo eleitoral. 

A reunião plenária extraordinária  serviu também para a movimentação de deputados nomeados para o exercício de funções incompatíveis, como os casos de Joana Lina, Pereira Alfredo, Virgílio Tyova e Pedro Makita Júlia, nomeados governadores das províncias do Huambo, Bié, Cunene e Zaire, respetivamente.

Igualmente cessou a suspensão de mandato de deputado Virgílio de Fontes Pereira, antigo líder da bancada parlamentar do MPLA, que passa a integrar a Comissão de Administração do Estado e Poder Local da Assembleia Nacional.

Retomaram também os seus lugares os deputados Álvaro Boavida Neto, João Marcelino Tyipingue, José Joana André, João Baptista Kussumua e Kundi Paihama, que haviam suspenso o seu mandato por ocuparem os cargos de governadores das províncias do Bié, Huíla, Zaire, Huambo e Cunene, respetivamente.

A Assembleia Nacional de Angola é composta por 220 deputados, sendo 150 do MPLA, partido no poder, e 51 da União Nacional para a Independência total de Angola (UNITA), maior partido da oposição angolana.

A Coligação Eleitoral CASA-CE, conta com 16 deputados, o Partido da Renovação Social (PRS) com dois, e a FNLA apenas com um.

Com a Eleição dos vices presidentes, a Assembleia Nacional retoma os trabalhos na proxima segunda feira dia 15, com discurso de Abertura sobre o Estado da Nação a ser proferido pelo Presidente da Republica João Lourenço. 

De Luanda, o nosso correspondente, Daniel Frederico.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.