Acesso ao principal conteúdo
França/Angola

França e Angola iniciam exercícios navais

O navio francês BPC Mistral. Imagem de arquivo no porto de Brest, em França.
O navio francês BPC Mistral. Imagem de arquivo no porto de Brest, em França. FRED TANNEAU / AFP

As marinhas de guerra angolana e francesa iniciaram, este sábado, exercícios navais ao largo de Luanda. Além de Angola, as manobras vão envolver outros países costeiros do Golfo da Guiné, até Cabo Verde.

Publicidade

Os exercícios navais “Grand African Nemo” visam preparar as marinhas de guerra dos países participantes para o combate à pesca ilegal, à pirataria, ao tráfico de seres humanos e ao tráfico de drogas, assim como ajudar navios em perigo.

De acordo com nota de imprensa da Embaixada de França em Angola, o exercício militar concretiza o acordo de defesa assinado entre França e Angola, durante a visita do Presidente João Lourenço a França, em Maio.

As manobras têm como protagonista o navio de guerra francês “Mistral”, que iniciou a sua intervenção em Angola e termina em Cabo Verde, a 10 de Novembro.

O exercício envolve, no total, 20 navios e quatro aeronaves, contando com a participação de 19 países ribeirinhos de toda a zona oeste de África.

Oiça aqui a reportagem do nosso correspondente, Avelino Miguel.

Avelino Miguel, Correspondente em Luanda

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.