Acesso ao principal conteúdo
Angola

Angola: MPLA apresenta agenda política 2019

MPLA
MPLA AFP

 Com em pano de fundo as primeiras eleições autárquicas em angola agendadas para 2020, o MPLA, partido no poder desde a independência apresentou este sábado em Luanda a sua agenda política para 2019.

Publicidade

Com em pano de fundo as eleições autárquicas agendadas para 2020, o partido no poder MPLA apresentou este sábado (2/02) em Luanda os nove pontos da sua agenda política para 2019, que será ismiuçada e confirmada no Congresso Extraordinário do partido ainda este ano, cuja data será conhecida em Março durante a reunião do Comité Central do MPLA.

A vice-presidente do MPLA, Luisa Damião, detalhou a agenda do partido para vencer os próximos desafios políticos, económicos, sociais e culturais e sublinhou durante um encontro com os militantes, os desafios para 2019 nomeadamente,o reforço interno do partido, a realização do seu Congresso Extrardinário, com a aposta na boa governação do Executivo e a reestruturação do MPLA, para a nova liderança do Presidente Joao Lourenço.

Luisa Damião insistiu numa acção governativa rigorosa e transparente, na aposta social para diversificar a ecnomia e aumentar a produção interna.

A reunião do Comité Central do partido a realizar-se no próximo mês de Março,
deverá aprovar as datas do VII Congresso Extraordinário do MPLA e deliberar
sobre a sua agenda.

O Presidente João Lourenço, que não participou no encontro, pois só este sábado (2/01) regressou a Luanda após uma visita privada de cerca uma semana aos Estados Unidos, da qual nada transpirou, vê-se ainda confrontado com resistências de alguns dirigentes do MPLA na implementação das suas reformas políticas, económicias e sociais em curso, mas depois do próximo Congresso poderá mudar o actual cenário do partido.

O maior partido da oposição, a UNITA, tambem já apresentou a sua agenda política para o ano em curso, cujos objectivos são maior intervenção política, designadamente no Parlamento, que o partido quer que possa fiscalizar a acção do governo e activação de um Governo Sombra de oposição permanente ao Executivo do MPLA.

O último Congresso do MPLA ocorreu a 8 de Setembro de 2018 e elegeu João Lourenço para a presidência do partido, do qual era até então à data vice-presidente, este Congresso ficou marcado pela despedida da vida política do antigo Presidente José Eduardo dos Santos, que liderou o MPLA durante 39 anos.

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.