Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Filhos de Jonas Savimbi: "Nunca fizemos o luto"

Áudio 15:31
Aleluiah Savimbi e Helena Savimbi, filhos de Jonas Savimbi.
Aleluiah Savimbi e Helena Savimbi, filhos de Jonas Savimbi. RFI

Jonas Malheiro Savimbi morreu há 17 anos, a 22 de Fevereiro de 2002. O líder guerrilheiro angolano morreu aos 67 anos de arma na mão. Quinze foram as balas que o deitaram por terra.Dezassete anos depois da sua morte, a exumação dos restos mortais e a perspectiva da realização das exéquias fúnebres do líder histórico da Unita.Helena Savimbi e Aleluiah Savimbi são dois dos 30 filhos de Jonas Savimbi. Ao microfone da RFI, agradeceram a abertura do executivo de João Lourenço para a exumação e cerimónias fúnebre de Savimbi, previstas para 6 de Abril. Reclamam o reconhecimento de Jonas Savimbi como herói nacional a par de Agostinho Neto [MPLA] e Holden Roberto [FNLA].Ressalvam que a guerra civil angolana não teve um único protagonista: “o passivo dos partidos políticos na guerra é igual para UNITA, MPLA e FNLA. Não é só Jonas Savimbi”, sublinhou Aleluiah Savimbi.Dezassete anos apos a morte do pai, Helena Savimbi e Aleluiah Savimbi, falaram, ainda, de um momento crucial para fecharem o luto.

Publicidade
Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.