Acesso ao principal conteúdo
Ciclismo

Volta a Portugal: Equipa angolana conta com 4 corredores

A equipa BAI-Sicasal-Petro de Luanda no meio do pelotão com camisolas amarelas.
A equipa BAI-Sicasal-Petro de Luanda no meio do pelotão com camisolas amarelas. NUNO VEIGA/LUSA

A Volta a Portugal entrou na recta final, faltando apenas quatro etapas para o fim da prova. Neste momento a única equipa angolana, BAI-Sicasal-Petro de Luanda, presente na Volta conta apenas com quatro ciclistas dos sete inscritos no início da corrida.

Publicidade

A maior prova ciclista portuguesa, a Volta a Portugal, termina no domingo 11 de Agosto no Porto, faltando apenas quatro etapas com a desta quinta-feira entre Bragança e Montalegre, com final na Serra do Larouco.

A camisola amarela pertence ao espanhol Gustavo Veloso da equipa portuguesa W52-FC Porto, que tem 15 segundos de vantagem sobre o colega de equipa, o português João Rodrigues, e 22 segundos de vantagem sobre o espanhol Vicente García de Mateos da equipa lusa Aviludo-Louletano.

Quanto aos atletas da equipa angolana BAI-Sicasal-Petro de Luanda, seguem nos seguintes lugares: o português Micael Isidoro ocupa o 32° lugar, o luso Diogo Duarte está na 94ª posição, enquanto os angolanos Dário Manuel António e Gabriel Dala Cole ocupam respectivamente os lugares 102 e 110.

A equipa que perdeu dois corredores na etapa de quarta-feira, dois atletas angolanos que desistiram: José Cruz Kussengue Tuto e Bruno César do Amaral de Araújo, este último sendo o Campeão nacional de Angola.

Nas etapas anteriores o franco-português Guillaume Almeida também tinha desistido por causa de uma lesão.

Em entrevista à RFI Dário António, Campeão nacional de contra-relógio, fez um balanço da prova até agora a nível pessoal, ele que já tinha participado na Volta a Portugal.

Dário António, ciclista angolano

Dário António, ciclista angolano, também fez um balanço colectivo da prova.

Dário António, Campeão angolano de contra-relógio

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.