Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Angola: julgamento general "Zé Maria" antigo chefe da secreta militar

Áudio 08:16
General José Maria, antigo chefe do serviço de inteligência e segurança militar de Angola.
General José Maria, antigo chefe do serviço de inteligência e segurança militar de Angola. Lusa

Começou esta quarta-feira (11/09) no Supremo Tribunal Militar de Luanda o julgamento do general António José Maria de 73 anos de idade, antigo chefe do serviço de inteligência e segurança militar e homem forte do regime de José Eduardo dos Santos.Em prisão domiciliária desde 17 de junho sob acusação de extravio de documentos com informações secretas, que ele afirmou ter levado para casa para salvaguardar os interesses do antigo Presidente e ainda de insoburdinação militarEsta mesma acusação foi proferida em 2005 pelos generais "Zé Maria" e Helder Veira Dias "Kopelipa" na altura chefe da casa militar do Presidente, contra o então chefe dos Serviços de Inteligência Externa de Angola general Fernando Garcia Miala, o que culminou na sua demissão e detenção, tendo sido em 2017 readmitido como director geral dos Serviços de Segurança Interna pelo Presidente João Lourenço.O general "Zé Maria" é também considerado como sendo o arquitecto de todo o processo que culminou na detenção em 2015 de 15 activistas do Movimento Revolucionário, que ficou conhecido como o caso do 15 + 2, acusados de actos preparatórios para a prática de rebelião e atentado contra o então Presidente José Eduardo dos Santos.O nosso convidado é um desses activistas, o engenheiro informático Afonso Matias, mais conhecido pela alcunha "Mbanza Hamza", para quem este julgamento, como outros, poderão ser manietados por motivos políticos

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.