Acesso ao principal conteúdo
Angola

Presidente de Angola aceita demissão de Rui Ferreira

Rui Ferreira é acusado de estar envolvido em actos de corrupção?
Rui Ferreira é acusado de estar envolvido em actos de corrupção? FRANCK FIFE/AFP

O Presidente angolano aceitou o pedido de demissão de Rui Ferreira dos cargos de presidente do Tribunal Supremo e do Conselho Superior da Magistratura Judicial.

Publicidade

Em Angola Rui Ferreira acabou, mesmo, por se demitir da presidência do Tribunal Supremo e do Conselho Superior de Magistratura Judicial, decisão já validada pelo chefe de Estado. O magistrado em causa desmente os rumores que o põem em causa em casos de suposta corrupção.

Em comunicado da presidência, João Lourenço, recebeu e aceitou o pedido de renúncia, mas sem esclarecer os motivos da demissão, apenas com a indicação de que "foi aceite, no interesse da salvaguarda do bom nome da justiça angolana".

Rui Ferreira é acusado por Francisco Mateus Dias dos Santos, empresário angolano, de estar envolvido em actos de corrupção numa decisão judicial que tomou.

O empresário, que era cliente do escritório de advocacia de Rui Ferreira, diz ter sido afastado do processo de dissolução da sua empresa, depois do seu sócio libanês ter sido expulso de Angola.

Kito dos Santos garante que Rui Ferreira o colocou à margem do processo e acusa a família Ferreira de ter, supostamente, ficado com os negócios do Grupo Arosfran.

Com colaboraçao de Avelino Miguel, correspondente em Luanda.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.