Acesso ao principal conteúdo
Convidado

UNITA “vai sair mais democrática” do Congresso

Áudio 08:07
Imagem de arquivo.
Imagem de arquivo. MARCO LONGARI / AFP

O principal partido da oposição angolana, a UNITA, iniciou, esta quarta-feira, o seu XIII Congresso Ordinário, em que vai ser eleito o terceiro presidente do partido e sucessor de Isaías Samakuva. O porta-voz do Congresso, Ruben Sicato, afirma que a UNITA “vai sair mais democrática” do congresso e admite que há dois nomes “dados como favoritos”.

Publicidade

Na corrida à liderança da UNITA, estão o presidente do grupo parlamentar da UNITA, Adalberto da Costa Júnior, o vice-presidente, Raul Danda, o porta-voz do partido, Alcides Sakala, o deputado José Pedro Katchiungo e o general Abílio Kamalata Numa.

1.150 delegados estão reunidos em Luanda para escolher o novo líder, que vai substituir o actual presidente, Isaías Samakuva, que deixa o cargo após 16 anos.

O porta-voz do Congresso, Ruben Sicato, considera que a UNITA “vai sair mais democrática” do congresso, admite que uma das principais questões em debate é se o presidente do partido vai continuar a ser cabeça-de-lista nas próximas eleições gerais e adianta que há dois nomes “dados como favoritos”, sem revelar quais.

Oiça a entrevista no programa CONVIDADO.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.