Acesso ao principal conteúdo
Angola

Angola: OGE 2020 aprovado na generalidade

Parlamento angolano em Luanda
Parlamento angolano em Luanda AMPE ROGERIO / AFP

A Assembleia Nacional de Angola aprovou na generalidade o Orçamento Geral do Estado para o próximo ano, num momento de recessão económica, com votos contra dos partidos da oposição, que questionaram mais uma vez, as opções do governo.

Publicidade

O Orçamento deve ser aprovado no plenário da Assembleia Nacional no início de Dezembro. Sustentado pelo partido governante, o MPLA, o Orçamento prevê despesas e receitas de cerca de 17 mil milhões de dólares respectivamente. Prevê um crescimento global de 1,8% e um índice de inflação de 24%.

O Executivo Angolano optimista em relação ao crescimento económico do próximo ano acima dos 2%, espera um incremento do sector petrolífero de 1,9%. O sector social vai ter o maior peso no orçamento com 40,7% da despesa fiscal.

Para o partido governante, é o orçamento possível na actual crise que vive o pais cuja solução deve contar com a contribuição de todos. Por seu lado, os partidos da oposição voltaram a questionar a fatia do orçamento de 19,3% para os órgãos de defesa e segurança e a exigir a auditoria da duvidosa dívida pública angolana que já atingiu a cifra de 90% do PIB. Voltaram a criticar as medidas do executivo de combate à pobreza que se agravou no pais com o elevado índice do desemprego de cerca de 30%, segundo dados oficiais.

Ouça aqui o relato do nosso correspondente, Avelino Miguel.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.