Acesso ao principal conteúdo
Angola

Angola : General “Zé Maria” condenado a três anos de prisão

Imagem de arquivo.
Imagem de arquivo. Getty Images/Stockbyte

O Supremo Tribunal Militar de Angola condenou, esta sexta-feira, a três anos de prisão o ex-chefe do Serviço de Inteligência e Segurança Militar, o general “Zé Maria”, por crimes de extravio de documentos militares de carácter confidencial, mas absolveu-o do crime de insubordinação.

Publicidade

O antigo chefe do Serviço de Inteligência e Segurança Militar de Angola, o general António José Maria ("Zé Maria"), foi condenado, esta sexta-feira, a três anos de prisão pelo Supremo Tribunal Militar.

O general “Zé Maria” foi condenado por crimes de extravio de documentos militares de carácter confidencial, mas absolvido do crime de insubordinação.

A defesa interpôs recurso, com efeito suspensivo, pelo que o general vai cumprir a pena em prisão domiciliária até à decisão do Supremo Tribunal Militar sobre o recurso dos advogados de defesa. 

O general, de 79 anos, que estava em prisão domiciliária desde Junho e começou a ser julgado em Setembro, era acusado dos crimes de insubordinação e extravio de documentos relacionados com a Batalha do Cuito Cuanavale.

O Ministério Público pediu a condenação do arguido, dando como provados todos os crimes de que é acusado, nomeadamente, o de desobediência às ordens do Presidente da República, João Lourenço, e optando por "manter a fidelidade canina" ao ex-Presidente angolano, José Eduardo dos Santos.

O caso remonta a 2018, quando o general “Zé Maria” foi exonerado do cargo e alegadamente levou consigo documentos secretos sobre a Batalha do Cuito Cuanavale a pretexto que estaria a salvaguardar segredos do antigo Presidente. Os documentos foram entretanto recuperados pela Procuradoria-geral da República após diligências judiciais.

Oiça aqui a reportagem de Avelino Miguel, o nosso correspondente em Luanda.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.