Acesso ao principal conteúdo
França

UNESCO confirma um Dia Mundial da Língua Portuguesa

O primeiro-ministro português, António Costa, e a directora-geral da UNESCO, Audrey Azoulay. Paris, 25 de Novembro de 2019.
O primeiro-ministro português, António Costa, e a directora-geral da UNESCO, Audrey Azoulay. Paris, 25 de Novembro de 2019. Carina Branco/RFI

A UNESCO promulgou, esta segunda-feira, em Paris, o dia 5 de Maio como o Dia Mundial da Língua Portuguesa. O primeiro-ministro português esteve na sede da organização e falou num “passo muito importante” no reconhecimento internacional da língua portuguesa.

Publicidade

A Conferência Geral da UNESCO confirmou, esta segunda-feira, a decisão do Conselho Executivo da organização de proclamar o dia 5 de Maio como Dia Mundial da Língua Portuguesa.

Esta manhã, o Primeiro Ministro português, António Costa, teve um encontro com a Diretora-geral da UNESCO, Audrey Azoulay, em Paris, e, no final, disse à imprensa que se trata de “um passo mais importante” no reconhecimento do peso mundial da língua portuguesa.

O reconhecimento pela UNESCO do 5 de Maio como o dia da língua portuguesa é muito importante para o reconhecimento global desta língua que é falada oficialmente em 9 países, quatro continentes e é a quinta mais utilizada no espaço da internet. E a língua tem de ter cada vez maior presença no domínio cultural e científico", afirmou o primeiro-ministro, em declarações aos jornalistas.

António Costa considerou que o reconhecimento da língua pela Unesco constitui "um passo importante" para tornar o português numa das línguas de trabalho da ONU.

É um passo muito importante para os 260 milhões de pessoas que têm o português como língua oficial e que é a língua mais falada no hemisfério Sul e cuja dinâmica demográfica vai ter um certo crescimento no final do século", acrescentou, sublinhando que a promoção da língua é "uma prioridade fundamental da política externa" nacional.

No dia em que a UNESCO consagrou um Dia Mundial da Língua Portuguesa, o artista português Manuel Cargaleiro foi duplamente condecorado em Paris. Manuel Cargaleiro recebeu a Ordem de Mérito Cultural de Portugal e a medalha Grand Vermeil da Câmara Municipal de Paris, uma hora depois de ter inaugurado, aos 92 anos, um novo trabalho na estação de metro Champs-Elysées Clémenceau, onde já tinha assinado vários painéis de cerâmica em 1995.

 

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.