Acesso ao principal conteúdo
Portugal/Angola

Portugal investiga queixa de Ana Gomes contra Isabel dos Santos

Isabel dos Santos. 5 de Fevereiro de 2018. Maia, Portugal.
Isabel dos Santos. 5 de Fevereiro de 2018. Maia, Portugal. MIGUEL RIOPA / AFP

A Procuradoria-Geral da República de Portugal está a investigar a queixa da antiga eurodeputada Ana Gomes contra operações financeiras em Portugal da empresária angolana Isabel dos Santos. A confirmação da investigação, avançada pela agência Lusa, acontece numa altura em que, de acordo com o jornal Expresso, Angola está a preparar arresto de bens de Isabel dos Santos também em Portugal.

Publicidade

O jornal português Expresso noticia que Angola está a preparar arresto de bens de Isabel dos Santos em Portugal, depois de o ter feito em Angola. O jornal falou com fonte da Procuradoria-Geral da República de Angola, numa altura em que a Procuradoria Geral da República de Portugal está a investigar a queixa da antiga eurodeputada socialista Ana Gomes contra operações financeiras em Portugal da empresária angolana.

Em entrevista à RFI, Ana Gomes diz ter entregado às autoridades portuguesas, por exemplo, o relatório que o Banco de Portugal fez ao Eurobic em 2015 e que “demonstra indícios fortes de branqueamento de capitais”.

Entre os elementos, há o relatório da própria inspecção que o Banco de Portugal fez ao Eurobic em 2015 e que demonstra indícios fortes de actividades de branqueamento de capitais relativamente a várias operações que envolvem não apenas a senhora dona Isabel dos Santos mas também seus familiares”, indicou Ana Gomes.

A antiga eurodeputada portuguesa acrescentou que a denúncia foi também entregue à Autoridade Tributária e que estão ainda em causa processos sobre a compra da empresa portuguesa Efacec, transferências feitas para o Dubai por parte da Sonangol, e a origem dos fundos para pagar a bancos de direito português relacionados com a joalharia De Grisogno, adquirida com o marido, Sindika Dokolo.

Tenho indicação de que haverá uma investigação em curso em Angola sobre transferências da Sonangol para o Dubai através de empresas da titularidade da senhora dona Isabel dos Santos e que isso poderia ter sido feito através do sistema financeiro português”, continuou.

De notar que a filha do ex-Presidente angolano José Eduardo dos Santos apresentou uma queixa contra Ana Gomes por ofensa ao bom nome e reputação e é ainda aguardada a sentença do Tribunal de Sintra.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.