Acesso ao principal conteúdo
Angola

Angola: Luaty Beirão "Manuel Vicente tem que ser investigado"

Isabel dos Santos e o seu esposo Sindika Dokolo em Maio de 2017 durante o Festival de Cinema de Cannes
Isabel dos Santos e o seu esposo Sindika Dokolo em Maio de 2017 durante o Festival de Cinema de Cannes Stephane Cardinale - Corbis/Corbis via Getty Images

Angola tem desde esta quarta-feira (22/01) um Centro para a Boa Governação, um organismo que conta com personalidades como o jornalista de investigação Rafael Marques e uma série de jovens, incluindo o rapper Luaty Beirão.

Publicidade

Luaty Beirão, um dos activistas do caso 15 + 2 pelo qual foi preso em 2015 e condenado em 2016 por "actos preparatórios de rebelião e associação de malfeitores", em declarações à agência portuguesa de notícias Lusa sobre o caso dos Luanda Leaks, lamenta a falta de meios em Angola para investigar devidamente os supostos actos de corrupção de figuras ligadas ao antigo presidente José Eduardo dos Santos.

Casos do antigo vice-Presidente de Angola Manuel Vicente e dos generais Leopoldino do Nascimento - "Dino" - e Helder Vieira Dias - "Kopelipa".

"...todos nós sabemos que à volta da família dos Santos, tinha um triunvirato, compsto pelo "Dino", pelo "Kopelipa" e pelo Manuel Vicente e Manuel Vicente está claramente a ser protegido, mas eu ecredito que Manuel Vicente está a ajudar a apanhar os outros".

"...Ele tem que ser investigado e se houverem provas do envolvimento dele - de certeza que não devem ser poucas - ele também tem que ser levado à barra dos tribunais...pronto é uma coisa de cada vez...nós não temos nem investigadores, nem juízes, nem gente suficiente para tratar de toda a gente ao mesmo tempo".

"...não são só esses, então nós vamos estar permanentemente insatisfeitos e é normal, porque nós queremos que toda a gente pague por aquilo que fez ao longo dos anos da lambança".

"...Se o tratamento não for justo é por culpa deles, porque eles criaram este sistema de justiça no qual ninguém confia...mas quem o criou ? Quem investiu ou desinvestiu na educação, o que nós temos hoje é fruto do que eles fizeram".

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.