Acesso ao principal conteúdo
Angola/França

Presidente Emmanuel Macron visita Angola no fim de Maio

O Presidente francês, Emmanuel Macron, recebeu o Presidente de Angola, João Lourenço, no Palácio do Eliseu, em Paris, a 28 de Maio de 2018.
O Presidente francês, Emmanuel Macron, recebeu o Presidente de Angola, João Lourenço, no Palácio do Eliseu, em Paris, a 28 de Maio de 2018. REUTERS/Philippe Wojazer

O Presidente francês Emmanuel Macron vai visitar oficialmente Angola no final de Maio deste ano, dois anos depois da visita de João Lourenço a França, mas a data exacta não está ainda definida, segundo o embaixador francês Sylvain Itté.

Publicidade

Esta quarta-feira (12/02) o Presidente João Lourenço recebeu em audiência o conselheiro para África da presidência francesa Franck Paris, portador de uma mensagem do Presidente Emmanuel Macron ao seu homólogo angolano, para confirmar esta visita, destinada a reforçar a cooperação nas áreas da agricultura e formação de quadros.

O encontro abordou aspectos ligados à preparação da visita que "é aguardada com muita expectativa tanto do lado angolano, quanto do francês" afirmou o embaixador Sylvain Itté.

O Presidente Emmanuel Macron não ficará apenas na capital Luanda, mas deslocar-se-á a Malanje, onde vai inaugurar o Instituto Superior de Técnicas Agro Alimentares, com capacidade para acolher 350 alunos em 10 salas de aulas, cujas obras começaram em 2013, mas se atrasaram por falta de financiamento.

O objectivo deste Instituto, único no país é promover a investigação e a transformação de alimentos, mas em Malanje existe também a Escola Eiffel, uma das quatro instituições viradas para a formação de técnicos agrícolas, que foi financiada pela petrolífera francesa Total.

Em 2019 durante a visita do ministro francês da agricultura Didier Guillaume a Luanda, este manifestou a disponibilidade da França em ajudar a desenvolver a agricultura em Angola e formar quadros em tecnologias agro-alimentares.

O Presidente João Lourenço esteve em França, numa visita oficial de três dias em finais de Maio de 2018 e foram então assinados vários acordos de cooperação estratégica, nos domínios da defesa, agricultura e subvenção de estudos.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.