Acesso ao principal conteúdo
Angola/ Política

Angola: país da África austral celebra dezoito anos de paz efectiva

A bandeira nacional de Angola
A bandeira nacional de Angola © ©Captura de bandeira

Angola comemora, neste dia 4 de Abril, 18 anos de paz, com em pano de fundo um estado de emergência, decretado recentemente no país da África austral, perante a epidemia de coronavírus.Foi a 4 de Abril de 2002 que o governo angolano assinava com a Unita o Memorando de Entendimento de Luena, que punha fim a quase três décadas de guerra civil.            

Publicidade

Devido à pandemia de coronavírus a comemoração do Dia da Paz em Angola, celebrado anualmente a 4 de Abril a partir de 2002, foi resttringido a uma cerimónia simbólica em Luanda, capital do país.

Inicialmente, o acto central da efeméride estava previsto para a província do Namibe e as actividades relativas à celebração da paz em Angola, programadas até ao dia 25 do corrente mês, deviam ocorrer não só no país, mas também nas missões diplomáticas angolanas.

No decurso da simbólica cerimónia realizada em Luanda, a ministra de Estado para a Área Social,Carolina Cerqueira, destacou a maturidade do povo angolano que segundo ela soube manter a unidade nacional e a convivência na diversidade.

              

A dirigente angolana realçou a necessidade das novas gerações, do seu país, continuarem a valorizar a dignidade, o respeito pela diferença, a tolerância, a solidariedade, a liberdade e a justiça, bem como o respeito pelas tradições nacionais.  

Carolina Cerqueira sublinhou igualmente que, o executivo angolano prossegue os seus esforços para fazer do país,da África austral, uma sociedade mais inclusiva.  

O Dia da Paz, em Angola, é celebrado a cada 4 de Abril, desde que o governo angolano, então liderado pelo ex-presidente José Eduardo dos Santos, assinou, na referida data em 2002 com a Unita, o Memorando de Entendimento de Luena que punha termo a cerca de trinta anos de conflito armado, no país da África austral.

As celebrações dos dezoito anos de paz e da reconciliação nacional, em Angola, foram assinaladas em Luanda, com o hastear da bandeira angolana no Museu Nacional de História Militar (ex-Fortaleza de São Miguel) e a deposição de uma coroa de flores no Monumento do Soldado Desconhecido.

Angola celebra dezoito anos de paz efectiva 04 04 2020

                 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.