Acesso ao principal conteúdo
Brasil/Literatura

Poeta brasileiro Lêdo Ivo morre na Espanha

O poeta e acadêmico Lêdo Ivo, morreu neste domingo em Sevilha, na Espanha.
O poeta e acadêmico Lêdo Ivo, morreu neste domingo em Sevilha, na Espanha. @ABL

O poeta brasileiro Lêdo Ivo morreu neste domingo na Espanha. Ele tinha 88 anos e teve um infarto quando estava em um restaurante de Sevilha, no sul do país. O poeta alogoano, jornalista e membro da Academia Brasileira de Letras, estava na cidade para passar as festas de final de ano com a família.

Publicidade

A morte do poeta brasileiro foi noticiada pela imprensa espanhola neste domingo. O El País disse que Lêdo Ivo morreu de madrugada. Ele estava acompanhado do filho, o artista plástico Gonçalo Ivo, que vive em Paris. A rádio pública espanhola informou, citando familiares, que o corpo de Lêdo Ivo será cremado na Espanha e suas cinzas serão levadas para o Brasil. A data ainda não foi fixada, mas as cinzas do acadêmico serão trasladadas para o Rio de Janeiro nos primeiros dias do ano que vem e serão sepultadas no Mausoléu da Academia Brasileira de Letras, no Cemitério São João Batista, informou a ABL.

Lêdo Ivo nasceu em 1924 em Maceió, Alagoas. Publicou seu primeiro livro de poemas, “Imaginações”, em 1944, integrava a Geração de 45 e era uma das personalidades de renome da literatura brasileira contemporânea. Ele deixa uma vasta obra, com “Ninho de Cobras”, “A Noite Misteriosa”, “A Ética da Aventura” e “Confissões de um Poeta”. Recentemente, alguns de seus poemas foram traduzidos para o francês e integraram a antologia de poesia brasileira La Poésie du Brésil, editada pela Chandeigne.
 

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.