Acesso ao principal conteúdo
Brasil/eleições

Aécio investe no Nordeste para tentar diminuir supremacia de Dilma na região

Aécio é saudado por simpatizantes do PSDB em Campina Grande.
Aécio é saudado por simpatizantes do PSDB em Campina Grande. Divulgação/PSDB

Na reta final para o segundo turno, o Nordeste tem, agora, um peso decisivo nas campanhas de Aécio Neves (PSDB) e de Dilma Rousseff (PT). Pesquisa divulgada pelo Ibope sobre os dados de intenção de voto na região revelam que Dilma lidera com 61% dos votos contra Aécio que detém 39% das intenções de voto. No Ceará , por exemplo, segundo o Datafolha a vantagem da candidata do PT é ainda maior. No Estado, ela possui 73% contra 27% para Aécio.

Publicidade

Da enviada especial da RFI a Recife

A impressão que se tem é que, realmente, eles estão atrás de cada voto. Numa verdadeira maratona, o candidato tucano visitou em menos de 24 horas a Bahia e a Paraíba. Ontem, em um discurso em Campina Grande, ele prometeu que, se eleito, pretende ser o "melhor presidente que o Nordeste já teve". Em João Pessoa, ele manteve o tom de promessa. "Vamos dar ao Brasil um governo que una o país, que seja generoso com quem mais precisa”, disse. Entre os eleitores paraibanos, Aécio conseguiu o melhor resultado no Nordeste: 23,38% no primeiro turno. Dilma levou a melhor com 55,61%.

A operação de sedução do candidato do PSDB promete ser árdua. Com exceção de Pernambuco, Dilma Rousseff ganhou em todos os Estados nordestinos e Aécio amargou um desempenho bastante modesto. Mas o PT não engoliu ter sido derrotado nas urnas no Estado natal de Lula e promete atacar com todas as armas. Na terça-feira (21), o ex-presidente e Dilma Rousseff virão a Recife fazer um grande comício. O objetivo, é claro, é trazer para Dilma os votos que foram dados para Marina Silva, do PSB, no primeiro turno.

A candidata teve uma votação expressiva e angariou mais de 2,3 milhões de votos. A direção nacional do PSB endossou a candidatura de Aécio no segundo turno com o apoio de peso da família de Eduardo Campos, mas não é certo que os eleitores acompanhem essa indicação de voto. Dentro do próprio PSB há muitas divisões internas. E, em algumas capitais, os diretórios regionais do partido continuam a apoiar Dilma.

Clima tenso entre eleitores da classe médica

Entre os eleitores, aqui em Recife a disputa está bastante intensa Hoje, Dia do Médico, vários profissionais organizaram um “adesivaço » pró-Aécio Neves. As criticas à implantação do programa Mais Médicos foi a motivação do protesto. Um grupo minoritário de médicos pró- PT também organiza um ato em defesa da candidata à reeleição.

Ainda aqui na capital pernambucana, outros militantes do PT também organizam atos em apoio à Dilma Rousseff com artistas pernambucanos, como Otto e Lirinha, e um bloco de Carnaval em Olinda.

 

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.