Acesso ao principal conteúdo
Brasil/eleições 2014

Dilma sobe nas pesquisas, mas PSDB minimiza tendência de alta

Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) no início da disputa pelo segundo turno.
Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) no início da disputa pelo segundo turno. Ichiro Guerra/ Dilma 13/Orlando Brito/ Coligação Muda Brasil

Pela primeira vez na corrida ao segundo turno a presidente Dilma Rousseff aparece numericamente à frente nas pesquisas de intenção de voto. Tanto Dilma quanto Aécio Neves permanecem empatados dentro da margem de erro, mas a presidente conseguiu inverter a tendência de recuo nos votos.  

Publicidade

Da enviada especial da RFI ao Rio de Janeiro

Segundo pesquisa do Datafolha divulgada nesta segunda-feira (20) à noite, a candidata do PT tem 52% dos votos contra 48% para Aécio Neves. A metodologia usada nessa pesquisa exclui da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. Esse procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. No levantamento anterior do instituto, divulgado no dia 15, Aécio tinha 51%.

Também pela primeira vez, Aécio Neves aparece na condição de candidato mais rejeitado pelos eleitores. O tucano tem 40% de rejeição, contra 39% de Dilma.

Sem clima de "já ganhou"

Apesar da ligeira vantagem numérica, a campanha de Dilma tenta conter a empolgação sobre uma eventual virada. Em evento diante de artistas em São Paulo ontem, Dilma insistiu na importância de lutar por cada eleitor: “Não podemos deixar que volte o tipo de política que olha para o país de forma irresponsável. De hoje até dia 26, vamos virar cada voto, e vamos ganhar essas eleições nas urnas”, disse. Continuando na estratégia de atacar o projeto econômico da candidatura do rival tucano, Dilma insistiu que Aécio Neves "quer manter o Brasil submisso a países desenvolvidos".

A campanha do tucano, porém, tem se concentrado nos números favoráveis ao candidato. No site, o destaque é para uma pesquisa do Instituto Veritá sobre o desempenho do candidato em Minas Gerais. Os dados mostram que Aécio tem 54,7% da preferência do eleitorado contra 45,3% da candidata do PT, uma liderança bem-vinda, pois o tucano perdeu para Dilma em Minas no primeiro turno.

Na sua maratona de viagens, Aécio também tem se esquivado dos ataques dos seus opositores e prometeu ampliar o Bolsa Família. “Aqueles programas que vêm dando certo, que melhoram a vida das pessoas, como o Bolsa Família, não apenas serão continuados, mas serão aprimorados”, disse.

Até o próximo domingo, os candidatos vão continuar a apostar todas as fichas para conquistar os eleitores. Hoje Dilma percorre cidades de Pernambuco ao lado de Lula. Aécio Neves se concentra em Mato Grosso do Sul.

 

 

 

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.