Acesso ao principal conteúdo
CABO VERDE

40 anos de independência em Cabo Verde

Nardi Sousa, sociólogo ligado à universidade de Santiago
Nardi Sousa, sociólogo ligado à universidade de Santiago Liliana Henriques/RFI

Em Cabo Verde prosseguem as comemorações do 40º aniversário da independência do país, sendo que o culminar das celebrações será no próximo domingo. São muitas as mudanças registadas no arquipélago nos últimos anos, contudo há ainda desafios para o povo cabo-verdiano como explicou o sociólogo Nardi Sousa.

Publicidade

O arquipélago cabo-verdiano prepara-se para assinalar este domingo os quarenta anos de independência.

A nossa enviada especial, Liliana Henriques, falou com o sociólogo Nardi Sousa que analisou os pontos positivos da independência e os desafios que Cabo Verde ainda tem pela frente.

Nardi Sousa começou por abordar os ganhos que o país adquiriu com a independência.

O sociólogo cabo-verdiano não deixou de lado alguns pontos menos positivos e que julga pouco democráticos em Cabo Verde.

Nardi Sousa comentou igualmente o fenómeno da emigração cabo-verdiana, que tem vindo a diminuir devido à crise nos países de acolhimento.

Lembramos que os festejos da Independência de Cabo Verde são celebrados este domingo.

Noutro âmbito, Arminda Barros foi nomeada ontem como responsável da Alta Autoridade Reguladora da Comunicação Social.

Em entrevista à nossa enviada especial, Liliana Henriques, Carla Lima, presidente da AJOC - Associação de Jornalistas de Cabo Verde - considera uma vitória, a nomeação da jornalista.

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.