Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde

José Maria Neves garantiu a erradicação da pobreza em Cabo Verde

José Maria Neves
José Maria Neves UN Photo/Aliza Eliazarov

O primeiro-ministro cabo-verdiano, José Maria Neves, garantiu a erradicação da pobreza no seu discursou no quadro da Cimeira sobre o Desenvolvimento Sustentável, que decorre até amanhã.  

Publicidade

Na sede da ONU, em Nova Iorque, José Maria Neves discursou sobre a implementação em Cabo Verde da Agenda 2030, sobre o desenvolvimento sustentável.

O Chefe do governo da Cidade da Praia, declarou que é possível impulsionar o crescimento do país em áreas como economias renováveis e criativas além dos agro-negócios; “queremos, nos próximos anos, acelerar o ritmo de crescimento da nossa economia aproveitando as grandes potencialidades que Cabo Verde tem neste momento designadamente no domínio do mar. Temos 250 vezes mais mar do que terra. Temos aqui enormes potencialidades desde as pescas ao turismo, aos transportes marítimos, ao banking ao shipment à reparação naval e também às pescas da captura à transformação.”

O primeiro-ministro cabo-verdiano, José Maria Neves, admitiu em entrevista à Rádio ONU que o país tem de acelerar o ritmo de crescimento económico e “construir uma economia verde e azul, dinâmica, sustentada, inovadora, geradora de empregos, de progresso e de bem-estar social; uma economia justa e inclusiva, que garanta a erradicação da pobreza, o combate às desigualdades e crie oportunidades para todos”.

O primeiro-ministro cabo-verdiano que ontem presenciou o discurso do Papa Francisco na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova Iorque. O Papa Francisco que, ontem, criticou os órgãos financeiros internacionais e o uso indiscriminado do planeta que prejudica a natureza e os mais pobres.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.