Acesso ao principal conteúdo
Artes

Elida Almeida de volta aos palcos parisienses

Áudio 23:31
Elida Almeida. Studio de l'Hermitage. Paris  Maio  de 2015
Elida Almeida. Studio de l'Hermitage. Paris Maio de 2015 LSilva/RFI

Nesta edição de Artes, estaremos com uma das vertentes da música cabo verdiana, por intermédio de uma das representantes da nova geração de artistas do arquipélago-República, do qual Cesária Evora tornou-se o îcone.  Elida Almeida ,cujo primeiro album "Ora Doci Ora Margos" foi publicado há um ano pela gravadora Lusáfrica , encarna outras facetas da música de Cabo Verde menos conhecidas ou  pouco divulgadas no estrangeiro.Por ocasião da sua sua primeira participação no festival "Au Fil des Voix" , nesta quinta-feira , 4 de Fevereiro, vamos abordar com Elida Almeida, aspectos da sua carreira, bem como  a descoberta por públicos estrangeiros de rítmos cabo verdianos como nomeademente o batuque e o funaná.

Publicidade

 

 

                                                                                   

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.