Acesso ao principal conteúdo
Ciência

Moçambicanos na linha frente das Novas Tecnologias

Áudio 10:15
Start-p UX de novas tecnologias ganha prémio e quer resolver problema do lixo em Maputo
Start-p UX de novas tecnologias ganha prémio e quer resolver problema do lixo em Maputo

No programa Ciência desta semana vamos falar da inovação tecnológica em Moçambique e mais precisamente do start-up UX, que opera no ramo e que ganhou recentemente em Acra, no Gana, um prémio sobre a concepção de um aplicativo para a recolha de lixo em Maputo. Acompanha-nos Tiago Borges Coelho, engenheiro informático moçambicano técnico de Médias e Novas Tecnologias, fundador e Director da empresa UX de novas tecnologias, em Maputo."Nós participámos numa competição chamada "Global Innovation Challenge", que  basicamente é uma competição mundial a nível dos países em desenvolvimento para a a criação de soluções com base tecnológica para o governo.""Então é uma competição que procura reunir os projectos que envolvem tecnologias e empresas privadas, as chamadas start-ups da área de tecnologia, em que elas prestam serviço para o governo, seja a nível central, seja a nível de municípios.""No nosso caso, o nosso projecto é uma plataforma para a recolha do lixo, na cidade de Maputo; o que tem de inovador esta plataforma é que põe o cidadão comum, como o centro das operações (...) E foi com este projecto, com as tecnologias de desenvolvimento que desenvolvemos, que fomos então ao Gana, participar nessa competição e que foi aceite, como os 4 Top projectos para serem completamente financiados (...)"(...) Nós pedimos cerca de 39 mil pounds (libras esterlinas) ingleses, mas depois de a gente ganharmos o projecto, o que eles disseram  é que nós deveríamos criar um projecto ainda maior e pedir ainda mais fundos; portanto, estamos a falar à volta de 80 mil pounds, devem ser uns 120 mil euros, se calhar."Palavras de Tiago Borges Coelho, Director da empresa UX, que fala ainda dos projectos que a emrpesa pretende desenvolver a ní do continente africano, nomeadamente em Angola e da evolução do sector das novas tecnologias em Moçambique, sabendo que a capital Maputo, produz cerca de 1000 toneladas de lixo por dia. 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.