Acesso ao principal conteúdo
Atentado Nice

Confirmada morte de cabo-verdiana em Nice

RFI / Youri Safronov

O Governo de Cabo Verde confimou a morte de uma cabo-verdiana no atentado de Nice. Acresce-se, ainda, a existência de um casal hospitalizado e uma criança desaparecida.

Publicidade

Luís Filipe Tavares, ministro dos Negócios Estrangeiros de Cabo Verde, confirmou à RFI a morte de uma mulher no atentado de Nice e acrescentou que há um casal ferido que está internado num dos hospitais da cidade e ainda uma criança desaparecida.

Na noite de 14 de Julho, em Nice (sul de França) um homem de 31 anos atropelou mortalmente, pelo menos, 84 pessoas. Um ataque que foi hoje reivindicado pelo autodenominado Estado Islâmico, Daesh.

Em Nice já se encontra a embaixadora de Cabo Verde em Paris, Fátima Veiga, que já recebeu indicações para prestar toda a assistência necessária à comunidade cabo-verdiana ali residente.

O chefe da diplomacia de Cabo Verde, Luís Filipe Tavares, encontra-se em Kigali, Ruanda, no âmbito da Cimeira da União Africana.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.