Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde / Futebol

Cabo Verde despede-se de Luís Bastos

Jeff Pachoud / AFP

O Governo cabo-verdiano chamou-lhe “um dos maiores, senão o maior, futebolista de sempre destas ilhas”. O funeral de Luís Bastos é esta quinta-feira.

Publicidade

O diretor geral dos Desportos cabo-verdiano, Gerson Melo, chamou-lhe “um dos maiores, senão o maior, futebolista de sempre destas ilhas”. O funeral do antigo futebolista cabo-verdiano Luís Bastos está previsto para hoje. O desportista morreu na cidade da Praia, aos 75 anos, vítima de doença prolongada.

Luís da Silva Bastos nasceu em 1941 e era irmão de Funa Bastos, outro antigo jogador cabo-verdiano.

O futebolista contou com uma breve passagem pelo Benfica, ao lado de Eusébio, Coluna e outros craques da época, numa equipa que era treinada pelo húngaro Bela Guttman. Bastos representou ainda clubes como Boavista, Sporting, Travadores e Vitória na capital cabo-verdiana.

No ano passado, Luís Bastos foi condecorado pelo presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, com a primeira classe da ordem de mérito.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.