Acesso ao principal conteúdo
Cab

Cabo Verde precisa de 750 mil contos para Santo Antão

Iha de Santo Antão
Iha de Santo Antão Miguel Martins / RFI

No final da semana, o governo declarou o Estado de calamidade pública em Santo Antão, devido aos estragos provocados pelas fortes chuvas que se abateram sobre a ilha entre os dias 12 e 20 de Setembro, danificando estradas nacionais e municipais, arrastadores de botes, infra-estruturas agrícolas, sistemas de abastecimento de água e de abastecimento de energia assim como várias habitações nos três municípios de Santo Antão.  

Publicidade

Segundo referiu o Ministro da Presidência do Conselho de Ministros, Fernando Elísio Freire são necessários 750 mil contos para reparar os estragos, o executivo devendo “mobilizar esses recursos a nível interno e externo” para enfrentar a calamidade. De acordo com esse membro do governo, o Executivo deverá apresentar uma solução “consistente” para a ilha de Santo Antão no Orçamento do Estado de 2017. Mais pormenores com Odair Santos.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.