Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde

Cabo Verde altera taxas para reforçar competitividade da pesca

Novo governo de Cabo Vdrde, no centro primeiro ministro Ulisses Correia e Silva
Novo governo de Cabo Vdrde, no centro primeiro ministro Ulisses Correia e Silva

O governo de Cabo Verde decide reduzir taxas de importação e exportação ao nível do sector das pescas para poder criar empregos e competir com países vizinhos como o Senegal onde as taxas nessa matérias são inferiores.

Publicidade

Para reforçar a competitividade nacional e a logística da pesca em Cabo Verde, o Governo decidiu alterar as taxas a pagar para a importação e exportação de produtos da pesca.

O ministro da Presidência do Conselho de Ministros, Fernando Elísio Freire, explicou que a decisão foi tomada após uma análise da situação interna e externa do sector.

"Tendo em conta a importação do sector da pesca, a nível do emprego e da exportação, o governo resolveu alterar as taxas; as taxas para a exportação e as taxas para a importação do peixe."

E o ministro Fernando Elísio Freire, fundamenta esta alteração assim:

"Só para dar um exemplo, Cabo Verde, tinha ou tem neste momento, uma taxa 30 vezes superior, aos nossos países concorrentes, que são os casos do Senegal ou do Côte d'Ivoire; por isso, nós ao fazermos esta alteração, estamos a começar a tornar muito mais competitiva a nossa economia..."

Na sequência da reunião semanal do Conselho de Ministros, o Governo anunciou, também, que irá brevemente fazer mais mexidas, nomeadamente ao nível das tarifas da Empresa Nacional de Administração dos Portos.

Enfim, o governo vai ainda, promover uma nova Lei das exportações, com o objetivo de criar um quadro económico e um ambiente de negócios muito mais favorável à promoção dos investimentos, à circulação de pessoas e de bens pelo país.
 

Odair Santos, correspondente em Cabo Verde.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.