Acesso ao principal conteúdo
Caboi Verde

Cabo Verde : Governo confirma a redução de pessoal na TACV

Avião da TACV (imagem de arquivo)
Avião da TACV (imagem de arquivo) DR

A imprensa cabo-verdiana noticiou que a TACV vai despedir 150 trabalhadores no inicio do próximo ano. Confrontado pelos jornalistas sobre esta questão, o Ministro da Economia e Emprego, José Gonçalves, garantiu que o plano de reestruturação da transportadora aérea nacional vai implicar a redução de pessoal, mas não confirmou quantos trabalhadores vão ser dispensados

Publicidade

O ministro da Economia e Emprego afirmou que - para respeitar os compromissos assumidos com os parceiros internacionais e enquadrado no plano de reestruturação - a administração da TACV deve apresentar soluções concretas até ao primeiro trimestre de 2017 ; depois o Governo vai avançar para a privatização da companhia aérea nacional.

Por outro lado, a Binter Cabo Verde, filial da companhia aérea sediada nas ilhas Canárias, inicia voos domésticos no país na próxima semana, segundo o anúncio feito pelo ministro da Economia e Emprego.

“Hoje a AAC autorizou a operação de Binter Cabo Verde que vai operar no mercado nacional e a inauguração é para a semana, ou seja, com a licença de operação que passou por um processo longo de cerca de dois anos, começar a operar”, assegurou José Gonçalves, em declarações à imprensa, na Cidade da Praia, na segunda-feira, no final de um encontro de trabalho com Grupo TUI – Touristik Union International, que actua na área do turismo.

Oiça aqui :
 

 

 

 

 

 

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.