Acesso ao principal conteúdo
Sociedade/Cabo Verde

Cabo Verde: um problema chamado alcoolismo

Vista da cidade de Mindelo, Cabo Verde.
Vista da cidade de Mindelo, Cabo Verde. DANIEL SLIM / AFP

A problemática do alcoolismo está na actualidade em Cabo Verde, onde a mesma afecta gravemente a estabilidade das famílias. A fins de lutar contra o flagelo social uma campanha foi lançada há um ano em Cabo Verde. Um ano depois sob a égide da presidência cabo verdiana foi efectuado na cidade da Praia, um balanço sobre a campanha contra o alcoolismo,com a participação de instituições e organizações da sociedade civil.

Publicidade

O consumo abusivo de álcool é uma das principais causas de morte em Cabo Verde e considerado um problema grave para as famílias, afectando mais de 60 por cento da população do arquipélago.  Em Cabo Verde o alcoolismo é uma das dez causa mais frequentes de incapacidade no trabalho.

Há um ano, a Presidência da República lançou a campanha “Menos Álcool Mais Vida”, para sensibilizar os cabo-verdianos aos malefícios do alcoolismo. Um ano depois o Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca reuniu na cidade da Praia várias instituições e organizações da sociedade civil para fazer o balanço da campanha. Jorge Carlos Fonseca sublinhou que actualmente os cabo-verdianos estão mais conscientes sobre os males do alcoolismo. Contudo ol Chefe de Estado realçou que ainda há um longo caminho a percorrer.

A campanha “Menos Álcool Mais Vida" promovida pela Presidência da República prossegue com a participação de vários sectores, instituições e personalidades da sociedade cabo verdiana. Estatístcas do INPS revelam que em 2015, 27% das pessoas que beneficiaram de uma pensão por invalidez em Cabo Verde , deveu-se ao excessivo consumo de bebidas alcoólicas, como uma das principais causas. Dados divulgados por ocasião do início da campanha anti-alcoolismo em Julho de 2016 mostraram que em 2010 cada cabo verdiano consumia em média 6,9 litros de álcool por ano.

Um estudo da OMS(Organização Mundial de Saúde) relativo ao consumo de bebidas alcoólicas em Cabo Verde no ano de 2015, apontava para um acréscimo comparativamente à 2010. Em 2015, os cabo verdianos ingeriam per capita o volume de 7,2 litros de álcool puro.

 

 

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.