Acesso ao principal conteúdo
Futebol

Mundial 2018: Cabo Verde complicou contas

Lúcio Antunes, seleccionador de Cabo Verde.
Lúcio Antunes, seleccionador de Cabo Verde. SEYLLOU / AFP

A Selecção Cabo-verdiana de futebol perdeu por 0-2 frente ao Senegal, no sábado 7 de Outubro, no Estádio Nacional na Cidade da Praia. Os Tubarões Azuis complicam assim as contas para o apuramento para o Mundial 2018.

Publicidade

No sábado 7 de Outubro decorreram os dois jogos do Grupo D na Zona Africana a contar para a penúltima jornada do apuramento para o Mundial de 2018 que se vai realizar na Rússia.

A Selecção Cabo-verdiana recebeu e perdeu por 0-2 frente à sua congénere do Senegal no Estádio Nacional na Cidade da Praia. Os golos foram apontados pelo avançado Diafra Sakho (81') e pelo médio Cheikh N'Doye (90'+2'). Um jogo que foi equilibrado e que foi decidido nos últimos dez minutos, sendo que os senegaleses conseguiram ser mais eficazes.

Mal terminou a partida, Lúcio Antunes afirmou que acabou o sonho dos Tubarões Azuis para o Mundial da Rússia. Na sala de imprensa o seleccionador cabo-verdiano destacou a entrega dos jogadores no encontro frente ao Senegal.

O capitão da Selecção Cabo-verdiana, Marco Soares, via na Rússia a última oportunidade de jogar num Mundial. Marco Soares estava desolado no fim da partida.

Neste mesmo grupo, o Burkina Faso, comandado pelo técnico português Paulo Duarte, perdeu por 3-1 na sua deslocação à África do Sul.

Neste momento o Senegal lidera com oito pontos, à frente de Cabo Verde e do Burkina Faso com seis pontos, e da África do Sul que tem quatro pontos.

Recorde-se que na Zona Africana, apenas os primeiros dos cinco grupos seguem para a fase final do Campeonato do Mundo.

De notar que os senegaleses e os sul-africanos têm um jogo em atraso, visto que o encontro disputado há um ano, que os Bafana Bafana venceram por 2-1, a 12 de Novembro de 2016 vai ser repetido. O Senegal e a África do Sul têm ainda dois encontros por disputar.

Na próxima jornada, a 6 de Novembro, Cabo Verde desloca-se ao Burkina Faso, naquele que será o derradeiro encontro para as duas nações, enquanto o Senegal vai deslocar-se a 10 de Novembro à África do Sul, antes de receber os sul-africanos a 14 do mesmo mês.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.