Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde

Cabo Verde: Segurança Social investe no Afreximbank

Janira Hopffer Almada, líder do PAICV, vai pedir ao Governo todas as informações do negócio entre a Segurança Social de Cabo Verde e o Afreximbank.
Janira Hopffer Almada, líder do PAICV, vai pedir ao Governo todas as informações do negócio entre a Segurança Social de Cabo Verde e o Afreximbank. RFI/Neidy Ribeiro

A Segurança Social de Cabo Verde (INPS) vai entrar no capital social do Afreximbank com uma participação de cerca de 6 milhões de euros, tendo recebido luz verde do Governo para aquele que será o primeiro investimento no estrangeiro.

Publicidade

A Segurança Social de Cabo Verde vai entrar no Afreximbank com cerca de 6 milhões de euros. A oposição estranha esse investimento e pede informações ao Governo.

O Instituto Nacional da Previdência Social - INPS - conta com o aval do Governo para entrar no capital social do Afreximbank com uma participação de cerca de 6 milhões de euros.

O primeiro ministro, Ulisses Correia e Silva, classificou de boa opção a participação da Segurança Social de Cabo Verde na instituição financeira africana.

Entretanto, a líder do PAICV, principal partido da oposição no país, estranha o anúncio da entrada do INPS no capital social do Afreximbank.

Janira Hopffer Almada disse que vai pedir todas as informações do negócio e saber se os interesses dos contribuintes cabo-verdianos estão a ser protegidos.

Afreximbank é uma instituição financeira africana com sede no Cairo, capital do Egipto, e que tem como principal missão promover o financiamento e as trocas comerciais entre os países africanos.

Mais pormenores com o nosso correspondente, Odair Santos.

Correspondência de Odair Santos

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.