Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde

FAO afirma que Cabo Verde necessita de assistência alimentar

FAO afirma que Cabo Verde necessita de assistência alimentar
FAO afirma que Cabo Verde necessita de assistência alimentar FAO/Cabo Verde

FAO, organização da ONU para a agricultura e a alimentação, coloca Cabo Verde na lista de países a necessitar de assistência alimentar externa, mas o chefe do governo caboverdiano nega que o arquipélago esteja a atravessar uma crise alimentar. O país, aplica actualmente um programa de emergência de 10 milhões de euros de parceiros internacionais.

Publicidade

A seca extrema que provocou o desaparecimento de culturas e a falta de pasto para o gado são justificações da FAO para colocar Cabo Verde na lista de países que se encontram em situação de emergência alimentar.

No seu relatório, a FAO estima que entre Março e Maio, 35 por cento da população está a necessitar de assistência alimentar.

A partir de S. Tomé e Príncipe, onde se encontra em visita oficial e em declarações à Televisão de Cabo Verde, o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva afirmou que o país não está a atravessar uma crise alimentar.

O país atravessa uma das piores secas das últimas décadas, tendo em aplicação um programa de emergência para o qual mobilizou 10 milhões de euros junto dos parceiros internacionais.

O programa de emergência tem como medidas prioritárias o salvamento de gado, mobilização de água, acesso a financiamento e criação de emprego no meio rural.

De Cabo Verde, o nosso correspondente, Odair Santos.

  

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.