Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde

Cabo Verde Airlines volta a voar para Itália

Aeroporto da Boa Vista, Cabo Verde
Aeroporto da Boa Vista, Cabo Verde RFI/Odaír Santos

Cabo Verde Airlines volta a voar para Itália, mas oposição pede demissão do ministro responsável pelos transportes.

Publicidade

A Cabo Verde Airlines já retomou as operações de voo para Milão, após a Autoridade Nacional da Aviação Civil italiana ter reposto temporariamente as licenças à transportadora aérea cabo-verdiana.

A Autoridade Nacional da Aviação Civil italiana destaca, em comunicado, que "a licença foi emitida até 25 de Julho desde que os passageiros que aguardam o reencaminhamento sejam dados prioridade aos seus destinos finais".

Perante a situação que a Cabo Verde Airlines vive desde o início de Julho, com cancelamentos de dezenas de voos afectando cerca de 7.550 passageiros, António Monteiro, presidente da terceira força política no parlamento cabo-verdiano, UCID pede a demissão do ministro do turismo e dos transportes ou do conselho de administração da companhia aérea.

No mais recente comunicado emitido, a companhia Cabo Verde Airlines “lamenta todos os constrangimentos causados" e afirma que "está empenhada em proteger e escoar todos os passageiros nos destinos onde opera, a fim de retomar a operação a curto prazo” como relata o nosso correspondente em Cabo Verde, Odair Santos.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.