Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde

Canjana, de teatro a filme, sobre seca, em Cabo Verde

Canjana, de peça de teatro a filme sobre seca em S. Antão, Cabo Verde
Canjana, de peça de teatro a filme sobre seca em S. Antão, Cabo Verde Mural Facebook Juventude em Marcha

Começou a ser rodado em Santo Antão, Cabo Verde, o filme de longa-metragem intitulado “Canjana” do Grupo Teatral Juventude em Marcha, que retrata a seca que assolou o país na década de 40. O filme tem como pano de fundo o naufrágio de um barco carregado de milho que ainda assim salvou muitas vidas em S. Antão.

Publicidade

O telefilme de longa-metragem intitulado “Canjana” do Grupo Teatral Juventude em Marcha começou a ser rodado em Santo Antão.

As filmagens estão a decorrer a bom ritmo e segundo o realizador Jorge Martins se tudo correr bem a obra será uma prenda de natal para os cabo-verdianos.

A obra “Canjana” é segundo o Realizador e Presidente do Juventude em Marcha Jorge Martins, fruto dum aturado trabalho de investigação científica sobre a seca que assolou Cabo Verde na década de quarenta;

O filme tem como pano de fundo o naufrágio nas proximidades de Canjana no Porto Novo, do navio da marinha mercante dos EUA John Schmeltzer, que na época carregado de milho ajudou a minimizar a fome e a salvar uma boa parte da população da ilha das montanhas.   

Jorge Martins está esperançado de que se tudo correr bem o telefilme será uma prenda de natal para os cabo-verdianos.

Os trabalhos de filmagens decorrem sob a batuta da Produções Audiovisuais do santantonense Jeovani Silva residente em Portugal, e se desenrola cenários nas zonas de Tabuga, Lagoa do Planalto Leste e na Praia Formosa.

De Cabo Verde, em serviço especial para a RFI, o jornalista, Augusto Oliveira.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.