Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde

Cabo Verde: Regionalização divide PAICV

Janira Hopffer Almada, líder do PAICV.
Janira Hopffer Almada, líder do PAICV. RFI/Neidy Ribeiro

O voto sobre a proposta de lei do governo sobre a regionalização fez emergir à luz do dia as divergências de ponto de vista no seio do PAICV, uma crise que leva o principal partido de oposição a agendar uma reunião da sua comissão política na próxima sexta-feira.

Publicidade

A viabilização da proposta do Governo sobre a regionalização está a mergulhar o PAICV numa profunda crise política com deputados do principal da oposição a trocarem argumentos na praça pública; isto depois da Comissão Politica Nacional do PAICV ter repudiado a viabilização da proposta de lei de regionalização por dois deputados do PAICV e alguns que abandonaram a sala de sessões, minutos antes da proposta do Governo ser aprovada no parlamento.

O deputado Felisberto Vieira que já foi presidente da Câmara Municipal da Praia e ministro nos Governos de José Maria Neves usou as redes sociais para dizer que "criminalizar a consciência, a expressão e o voto é perverso e antidemocrático", o também deputado Júlio Correia que foi presidente da câmara municipal dos Mosteiros na ilha do Fogo e ministro da administração interna nos governos do PAICV, acusou a Comissão Política do partido, de fazer "um esforço enorme de perseguição aos deputados do PAICV que votaram a favor do diploma da regionalização".

Filomena Martins, deputada do PAICV eleita por São Vicente, ilha que mais exige a regionalização e uma das que quebrou a disciplinar do grupo parlamentar do PAICV votando a favor da proposta do Governo já veio a público revelar que "tem recebido chamadas" com "tom intimidativo".

A Comissão Política Nacional do PAICV vai estar reunida na próxima sexta-feira para analisar uma das maiores crises no partido após as eleições presidenciais de 2011. Uma reunião alargada que vai contar com as presenças dos deputados nacionais. A presidente do PAICV, Janira Hopffer Almada, tem fugido às questões dos jornalistas sobre a crise no seu partido.

Em São Vicente, à margem de um encontro que manteve com a Associação dos Armadores da Marinha Mercante, Janira Hopffer Alma foi confrontada pela imprensa sobre a crise interna no PAICV e optou por responder que está concentrada nos problemas do país.

Mais pormenores com o nosso correspondente, Odair Santos.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.