Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde

Economia de Cabo Verde cresce este ano e 2020

Baía de Mindelo, Porto Grande de São Vicente, que regista aumento de mercadorias em 2018
Baía de Mindelo, Porto Grande de São Vicente, que regista aumento de mercadorias em 2018 Miguel Martins/RFI

De acordo com o Banco Africano de Desenvolvimento a economia caboverdiana deve crescer  até 4,1 por cento em 2019. As projecções foram bem recebidas pelas autoridades que admitem porém que há ainda muito a fazer. O aumento do tráfego de mercadorias nos portos de Cabo Verde em 2018 é também motivo de regozijo das autoridadades caboverdianas.   

Publicidade

O Governo congratula-se com a projecção da subida económica de Cabo Verde a 4,1  por cento em 2019.

A  projecção consta do relatório divulgado esta semana pelo Banco Africano de Desenvolvimento que afirma que o Produto Interno Bruto de Cabo Verde deve crescer 4,1% este ano e 4,8% em 2020.

O ministro do Turismo e Transportes e ministro da Economia Marítima, José Gonçalves, mostra-se satisfeito com a projecção da subida da economia do país, mas afirma que é preciso fazer mais.

Por outro lado, os  portos nacionais registaram um crescimento de 12,6 por cento no tráfego de mercadorias em 2018, ao registar um movimento de 2 milhões 595 mil 933 toneladas.

De acordo com  a ENAPOR, que é a autoridade portuária nacional, no ano passado registou-se um aumento robusto de 109 por cento nas escalas de navios cruzeiros, 199 escalas, e um acréscimo de 23,9 por cento de  passageiros, o equivalente a 47 mil e 99 turistas.

De Cabo Verde, o nosso correspondente, Odair Santos. 

Odair Santos, correspondente em Cabo Verde

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.