Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Moçambique: Dia dos Heróis com promessas de paz efectiva

Filipe Nyusi, Presidente de Moçambique
Filipe Nyusi, Presidente de Moçambique DR

O Presidente Filipe Nyusi assumiu o compromisso de trabalhar para o desenvolvimento de Moçambique e o alcance da paz efectiva, no Dia dos Heróis Nacionais, que este ano assinala 50 anos sobre o assassínio de Eduardo Mondlane.

Publicidade

Em Moçambique o 3 de Fevereiro é o Dia dos Heróis Nacionais, efeméride que em 2019 assinala 50 anos sobre o assassínio com uma encomenda bomba de Eduardo Mondlane, o primeiro presidente da Frelimo.

Na cerimónia no Parque Heróis em Maputo, e em ano de eleições gerais agendadas para 15 de Outubro, o Presidente Filipe Nyusi assumiu publicamente o compromisso de continuar a trabalhar para o desenvolvimento do país e o alcance da paz efectiva.

"Reiteramos a nossa disponibilidade de continuarmos a palmilhar estratégias que potenciem o desenvolvimento de Moçambique, tendo como etapa determinante a conquista da paz efectiva, o garante da prosperidade".

O Dia dos Heróis coincide este ano com a passagem dos 50 anos da morte de Eduardo Mondlane, primeiro presidente da Frelimo e considerado como o arquitecto da unidade nacional.

Abordado pela RFI sobre as dívidas ocultas de mais de dois mil milhões de dólares, contraídas durante o mandato do Presidente Armando Guebuza e que levaram a detenção na África do Sul de Manuel Chang, seu antigo Ministro das Finanças, o antigo Presidente esquivou a pergunta.

"É o tribunal que trata disso...estamos a tratar de Mondlane, exaltemos a pátria, eu exalto a minha pátria".

Ainda assim, no Dia dos Heróis, várias vozes consideram ser necessário resgatar e com urgência os valores de Eduardo Mondlane como a integridade e a construção de um Moçambique igual para todos.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.