Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde

FMI aplaude privatização da TACV

FMI aplaude privatização da TACV
FMI aplaude privatização da TACV

O Fundo Monetário Internacional elogiou hoje a privatização da companhia aérea cabo-verdiana (TACV)  e defendeu uma maior aposta em medidas que contribuam para a arrecadação de mais impostos e redução das despesas públicas.

Publicidade

O Fundo Monetário Internacional avaliou positivamente as políticas macroeconómicas implementadas pelo Governo e defendeu uma maior aposta em medidas que contribuam para a arrecadação de mais impostos e redução das despesas públicas.

O organismo finnaceiro considerou igualmente que a privatização da TACV foi uma medida acertada do Governo e que vai contribuir para a estabilidade e crescimento económico do país.

Em declarações à imprensa, o Vice - Primeiro-ministro e Ministro das Finanças, Olavo Correia reafirmou que a meta é a economia crescer sete por cento ao ano e sublinhou a avaliação do FMI sobre a privatização da TACV.

"Estamos agora a crescer a 5% e a nossa meta é chegar a 7%", afirmou o ministro.

A missão, que esteve em Cabo Verde desde 11 de Março, garantiu que a economia cabo-verdiana está a crescer desde 2017 e a perspetiva é que continue a crescer nos próximos quatro anos.

 

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.