Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde

MpD denuncia responsabilidade do PAICV no contencioso CV Telecom

Captura de ecrã do site CV Telecom Cabo Verde, entre vendas, recompras e críticas entre MpD e PAICV
Captura de ecrã do site CV Telecom Cabo Verde, entre vendas, recompras e críticas entre MpD e PAICV DR/CV Telecom

MpD denuncia responsabilidade do PAICV no contencioso CV Telecom, dizendo ter protegido os cabo-verdianos de pagar 120 milhões de dólares. Assim, o governo diz ter recomprado 40% das ações da CV Telecom que estavam na posse da PT Ventures e acusou a antiga governação do PAICV de não ter cumprido o acordo de compensação que assinou com a Cabo Verde Telecom.

Publicidade

O governo protegeu os cabo-verdianos de pagar 120 milhões de dólares de indemnização e da perda do controlo executivo da administração da CV Telecom com a garantia é do Secretário Geral Adjunto do MpD, Carlos Monteiro.

"(...) O governo do PAICV, durante 10 anos, não cumpriu com o acordo de compensação, que assinou, com a Cabo Verde Telecom, quando liberalizou as comunicações electrónicas, em 2005."  

Esta semana, o PAICV, maior partido da oposição em Cabo Verde acusou o Governo de sequestrar o mercado das telecomunicações, a propósito da recompra de 40% da CV Telecom pelo Estado cabo-verdiano, que estavam na posse da PT Ventures. 

Ações  recompradas, por 23,3 milhões de euros, pondo assim fim a um litígio de cinco anos com a PT Ventures e com o objetivo de voltar a vender as ações.

De Cabo Verde, o nosso correspondente, Odair Santos. 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.