Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde

Cabo Verde: Líder da oposição critica substituição de PGR

Janira Hopffer Almada, líder do PAICV, principal partido de oposição em Cabo Verde.
Janira Hopffer Almada, líder do PAICV, principal partido de oposição em Cabo Verde. RFI/Neidy Ribeiro

O presidente cabo verdiano Jorge Carlos Fonseca nomeou José Luís Tavares Landim para novo Procurador Geral da República, uma nomeação cujo momento é criticado por Janira Hopfer Almada líder do PAICV, principal partido da oposição.

Publicidade

Mediante proposta do Governo o presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, nomeou o magistrado Luís José Tavares Landim, para novo Procurador-geral da República, em substituição de Óscar Tavares, que vinha desempenhando a função desde 2014 e cujo mandato terminou em Maio passado.

Luís José Tavares Landim era até agora Procurador-geral adjunto e o decreto presidencial que o promove foi publicado, na terça-feira (15/10) no Boletim Oficial e entrou imediatamente em vigor.

Esta quarta-feira (16/10) em entrevista à Televisão de Cabo Verde, a presidente do PAICV, Janira Hopffer Almada criticou o momento escolhido para a nomeação do novo Procurador-geral da República afirmando designadamente "nós estamos a ter mudança do PGR, um mês sensivelmente depois de se ter iniciado processos, que envolviam personalidades muito próximas do actual poder e com declarações que publicamente incitavam a que se colocasse um travão no anterior PGR".

"O mandato do PGR não terminou ontem...terminou desde Maio, o que é estranho é que só depois de se terem avançado com esses processos é que houve essa pressa na mudança do PGR".

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.