Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde

Cabo Verde com pavilhão próprio na Web Summit em Lisboa

Entre 4 e 7 de Novembro decorre em Lisboa o Web Summit 2019
Entre 4 e 7 de Novembro decorre em Lisboa o Web Summit 2019 facebook.com/WebSummitHQ

 Cabo Verde participa com 10 projectos na Web Summit 2019 em Lisboa, com uma delegação de 20 pessoas este é o único país africano com pavilhão próprio e entre outros apresenta um sistema intelligente para gestão de filas de espera.

Publicidade

Os dez projectos foram seleccionados no âmbito do concurso designado de “GoGlobal in Websummit” um programa anual de imersão e financiamento, que visa expor as start-ups nacionais ao mercado global e é promovido pelo Governo de Cabo Verde.

Nha Bex – um sistema Inteligente para gestão de filas de espera desenvolvido no arquipélago está entre os 10 projetos cabo-verdianos na maior conferência de tecnologia, inovação e empreendedorismo do mundo.

Alector Timas, um dos responsáveis da start-up disse que o objetivo de participar na Web Summit 2019 é aprender mais e vender o produto.

"Em primeiro lugar vamos aprender mais, ver como os países mais evoluidos estão em termos de Tecnologias de Informação e Comunicação e vender o nosso produto".

Os responsáveis das dez start-ups foram treinados por um especialista israelita de como atraír parcerias, como conhecer o mercado das TIC a nível mundial, as ferramentas em uso e como vender a imagem de Cabo Verde.

A viagem e estada dos participantes cabo-verdianos na Web Summit 2019 são custeadas pelo Governo, que considera ser um investimento na promoção dos projetos nacionais.

Cabo Verde com uma delegação de 20 pessoas, é o primeiro país africano e o único a ter um "country stand" ou pavilhão na Web Summit.

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.