Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde

Cabo Verde quer reforçar segurança

Ministra da justiça de Cabo Verde quer processar agente prisional que divulga informação estratégica da Cadeia da Praia
Ministra da justiça de Cabo Verde quer processar agente prisional que divulga informação estratégica da Cadeia da Praia DR/Provedor de justiça

O governo cabo-verdiano vai submeter ao parlamento uma nova proposta legislativa que visa apertar o cerco aos delinquentes urbanos e outros criminosos.

Publicidade

O governo pretende implementar 14 medidas para combater a criminalidade urbana em Cabo Verde.

Entre as medidas constam a revisão do regime de aplicação do termo de identidade e residência e medidas cautelares em casos de crimes cometidos em flagrante delito e de forma reincidente e agravamento da pena na reincidência, como explicou à imprensa, o conselheiro da Segurança Nacional, Carlos Reis.

Carlos Reis afirmou que o aumento do número de casos de denúncias de violências físicas, assassínios e roubos, é um problema sazonal, associado à libertação de criminosos, garantindo que haverá mudança de estratégia.

Outra medida é a revisão da lei de armas. O compromisso do Governo é de até ao final do ano submeter ao parlamento as propostas legislativas que visam reforçar a segurança no país.

Entre as medidas anunciadas está a revisão do regime de aplicação do termo de identidade e residência (TIR) e medidas cautelares em casos de crimes cometidos em flagrante delito e de forma reincidente e agravamento da pena na reincidência. Mais informação com Odair Santos, em Cabo Verde.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.