Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde/Portugal

Cinco suspeitos detidos pela morte de Giovani

Estudante cabo-verdiano, Luís Giovani dos Santos Rodrigues
Estudante cabo-verdiano, Luís Giovani dos Santos Rodrigues facebook

Cinco suspeitos de envolvimento na morte do estudante cabo-verdiano, Giovani Rodrigues, em Bragança foram detidos pela Polícia Judiciária portuguesa.

Publicidade

A Polícia Judiciária (PJ) portuguesa anunciou, esta sexta-feira, que procedeu, ontem, à detenção de cinco homens, com idades entre os 22 e os 35 anos, estão indiciados por um crime de homicídio qualificado e três tentativas de homicídio.

O director nacional da PJ portuguesa, Luís Neves, sublinhou que o crime não teve motivação racial e que se tratou de um acto violento com um desfecho trágico, garantindo que foi detido "o núcleo duro que perpetrou as agressões" ao estudante cabo-verdiano.

De acordo com o chefe máximo da PJ, os detidos são "pessoas violentas", "maioritariamente desempregados", e "vivem em Bragança".

Os detidos vão agora ser presentes às autoridades judiciais para interrogatório e aplicação de medidas de coação. Os suspeitos estão indiciados por um crime de homicídio qualificado e três crimes de homicídio na forma tentada.

Dado que a investigação do caso ainda não está encerrada, outras detenções podem vir a ser feitas.

Giovani Rodrigues foi encontrado sozinho caído numa rua em Bragança na madrugada de 21 de Dezembro. Quando os bombeiros chegaram ao local, encontraram-no inconsciente e com um hematoma na testa. Acabou por morrer 10 dias depois, no último dia do ano, num hospital do Porto, na sequência da agressão.

O jovem cabo-verdiano de 21 anos estudava Design de Jogos Digitais no campus de Mirandela e vivia em Bragança. Tinha chegado a Portugal em Outubro passado, onde contava ficar pelo menos três anos, o tempo mínimo necessário para completar a licenciatura.

Com a colaboração de Luís Guita a partir de Lisboa.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.