Acesso ao principal conteúdo
França/Meio Ambiente

Jornada na Unesco quer colocar oceanos no topo das prioridades da COP-21

O dia 8 de Junho é celebrado pela ONU como o Dia Mundial dos Oceanos.
O dia 8 de Junho é celebrado pela ONU como o Dia Mundial dos Oceanos. REUTERS/Christophe Bailhache/Handout via Reuters

O papel dos oceanos na regulação do clima é o tema de uma jornada de debates nesta segunda-feira (8) na sede da Unesco, em Paris, que reúne especialistas mundiais da área. O encontro faz parte das celebrações do Dia Mundial dos Oceanos, uma iniciativa criada pela ONU na ECO-92 para conscientizar a população mundial sobre os cuidados e a defesa desse importante patrimônio natural do planeta.

Publicidade

Durante o evento na Unesco, os organizadores e especialistas esperam colocar a preservação dos oceanos na agenda de discussões prioritárias da COP-21, a Conferência Mundial sobre o Clima da ONU que será realizada no mês de dezembro, em Paris.

A Plataforma Oceano e Clima, formada por cientistas, ONGs, empresas e instituições, está na origem dessa iniciativa e programou juntamente com a Comissão Intergovernamental da Unesco (COI-Unesco) uma série de painéis dedicados a debater temas diversos relacionados à gestão durável do mar e seu impacto para o meio ambiente. Entre eles, a acidificação dos mares, o oceano como fonte de inovações e o oceano dentro do sistema climático.

Os oceanos, que ocupam 75% da superfície da Terra, desempenham um papel essencial para o clima ao absorver um quarto das emissões de gases que provocam o efeito estufa e captando mais de 90% do excesso de calor provocado pelo aumento do efeito estufa.

Mas os oceanos também são vítimas do acelerado aquecimento global. A absorção de CO2 provoca uma maior acidificação das águas que, assim como a alta da temperatura, modificam profundamente os ecossistemas marinhos.

 

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.