Acesso ao principal conteúdo
Arquitetura

Obra de Le Corbusier em Bagdá sai do esquecimento

O Ginásio de Bagdá desenhado pelo famoso arquiteto francês Le Corbusier sai do esquecimento para ganhar prestígio internacional.
O Ginásio de Bagdá desenhado pelo famoso arquiteto francês Le Corbusier sai do esquecimento para ganhar prestígio internacional. © FLC/ADAGP

O Ginásio de Bagdá, desenhado pelo famoso arquiteto francês do século XX, Charles-Edouard Jeanneret, conhecido como Le Corbusier, foi construído durante o governo de Saddam Hussein e caiu no esquecimento. Atualmente um projeto francês tenta recuperar o prestígio desta obra encomendada em 1957, período de prosperidade para o país, e concluída apenas em 1982, bem depois da morte do arquiteto em 1965.

Publicidade

No mesmo ano em que aceitou a encomenda iraquiana, o arquiteto, já renomado internacionalmente, trabalhou com o arquiteto e urbanista brasileiro Lúcio Costa, na construção da Casa do Brasil, na Cidade Universitária de Paris.

Em Bagdá, o ginásio recebe jogadores de basquete e vôlei até os anos 2000. Wasfi-al Kinani, atual diretor do espaço esportivo, classifica a obra de “herança histórica” e “símbolo” para o esporte iraquiano. Entre 2003 e 2004, o espaço passa a ser ocupado pelo exército americano.A construção localizada no leste da capital iraquiana escapou de décadas de bombardeios, mas apresenta sinais de degradação. Há um ano, ela passa por uma reforma.

Especialistas redescobrem essa obra pouco conhecida de Le Corbusier. Ele se envolveu bastante no projeto iraquiano e segundo a historiadora da arquitetura, Mina Marefat, assinou pessoalmente cerca de 500 croquis.

Um projeto de publicação e de realização de um colóquio, do qual participam a Universidade de Bagdá, Unesco, embaixada da França, a Fundação Le Corbusier e o Instituto Francês do Oriente Médio (Ifpo, na sigla em francês) está em andamento para dar visibilidade a esse patrimônio moderno.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.