Acesso ao principal conteúdo
Desporto

Aleksander Ceferin sucede a Platini

Reuters

Aleksander Ceferin foi eleito presidente da UEFA e sucede a Michel Platini à frente do futebol europeu. A eleição do esloveno aconteceu no congresso da UEFA, que decorre esta quarta-feira em Atenas, na Grécia.

Publicidade

Aleksander Ceferin, de 48 anos, é presidente da Federação Eslovena de Futebol, e foi apoiado na votação pela Federação Portuguesa. Candidatou-se contra Michael van Praag, de 68 anos, actual presidente da Federação Holandesa.

No Congresso Extraordinário eleitoral, em Atenas, o esloveno recebeu 42 votos a favor, contra 13 para o holandês e ficará, assim, à frente da UEFA até 2019

Após a eleição Aleksander Ceferin afirmou que “é uma grande honra, mas também uma grande responsabilidade”, para ele e para o seu país.

“Significa muito para mim. A minha pequena e bela Eslovénia está muito orgulhosa, e espero que um dia também vocês estejam orgulhosos de mim”, afirmou o novo presidente da UEFA.

De saída, Michel Platini, falou durante o Congresso Extraordinário eleitoral do organismo, e mostrou-se "absolutamente convicto" de que não cometeu qualquer falha.

O dirigente francês suspenso por quatro anos de toda a actividade ligada ao futebol afirmou estar de "consciência tranquila e absolutamente convicto de que não cometi qualquer falha. Vou continuar a lutar por todas as formas legais para provar a minha inocência”.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.