Acesso ao principal conteúdo
Crise/Crédito

BIS alerta países emergentes sobre risco de explosão de bolha de crédito

O presidente do BC brasileiro, Alexandre Tombini, participou da reunião do BIS na Suíça.
O presidente do BC brasileiro, Alexandre Tombini, participou da reunião do BIS na Suíça. Reuters

O Banco de Compensações Internacionais (BIS), espécie de banco central dos bancos centrais, lançou um alerta neste domingo contra a existência de uma bolha de crédito explosiva nos países emergentes. Durante encontro do grupo na Suíça, o diretor-geral da instituição, Jaime Caruana, disse que a oferta de crédito em alguns países é "insustentável".  

Publicidade

O BIS assinala que o volume de crédito oferecido atualmente em algumas regiões do mundo pressiona o valor dos ativos para cima, tornando os bens impagáveis. "Há sinais claros de formação de uma nova bolha financeira", explicou o diretor da instituição bancária internacional com sede na Basileia. 

Caruana evitou citar nominalmente os países em situação de risco, mas deu a entender que a China e o Brasil apresentam esse quadro preocupante pela alta da inflação. O FMI faz a mesma análise. O presidente do Banco Central brasileiro, Alexandre Tombini, participou do encontro com os principais dirigentes financeiros do planeta.

O risco de explosão da bolha de crédito é o desencadeamento de uma nova crise internacional como ocorreu em 2006 nos Estados Unidos, com a crise dos subprimes, que mergulhou o mundo na pior recessão desde o crash de 1929. 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.